15 de maio de 2011

A saga para ser um NET Babaca

Se você está pensando em comprar um serviço de TV por assinatura + Internet + telefone em São Paulo, pense 40 vezes antes de escolher a NET. Entenda um pouco da minha saga.

Depois de pesquisar algumas operadoras, descobri que havia uma consultora/vendedora da NET, a Rita Amaral, que atendia o meu novo prédio. Liguei pra ela, ela me atendeu bem, mas não tive nenhum preço mais baixo como achei que teria por ter um atendimento em condomínio. Fechei um pacote com ela, um dos mais básicos, só pra eu conseguir ter um acesso à Internet, que era minha intenção inicial.

Foi agendada a instalação para 07/05/2011, sábado pré-Dia das Mães, entre 12h e 18h. Como sempre acontece com todo mundo, tive que ficar plantado em casa o dia todo esperando. Por orientação da vendedora, liguei às 8h para a central de agendamento para confirmar a instalação. A atendente me confirmou. Por volta de 12h, recebi uma ligação da central confirmando novamente a instalação. Às 16h30, a central me liga informando que não fariam mais a instalação naquele dia. Informei a ela que só fechei o pacote com eles porque a instalação havia sido prometida para aquele sábado, pois durante a semana não poderia atender. Ela me perguntou se poderia ser feito depois das 18h, na intenção de que eu respondesse que o condomínio não autorizaria. Mas eu já tinha conversado no condomínio e eles já haviam me autorizado a instalação pós-18h. Ela me enrolou mais 1h30 e disse que não tinha conseguido agendar para aquele dia. Ou seja, deixei de sair pra comprar o presente de Dia das Mães pra minha mãe por conta disso e fiquei sem Internet, sem TV, sem telefone e minha mãe sem presente.
Notem que todas essas ligações (entre 10 e 20 minutos cada, recheadas de "só um momento, senhor") estavam sendo feitas do meu celular, já que o telefone fixo ainda não havia sido instalado.

No final das contas, pedi para que um amigo ficasse aqui em casa para receber a instalação na quarta-feira, 11/05/2011. Reagendei a visita para esse dia no período da manhã (das 8h às 12h). Pedi para que fosse feito no primeiro horário, já que meu amigo tinha se disponibilizado para ficar aqui. As (más) atendentes da central de agendamento (Aloísia, Vivian e Tássia) 'nada podiam fazer' para recompensar um cliente pela incompetência da empresa. Nesse período, encontrei os perfis da NET no Twitter (pode reclamar: @NEToficial e @NETatende), vi um monte de gente reclamando pelo mesmo motivo e endossei o coro. Na terça, 10/05/2011, recebi uma ligação do atendimento da NET do Twitter, no meu celular e a atendente quis ouvir o que tinha acontecido. Expliquei a situação pra ela, informei o reagendamento para o dia seguinte e ela disse que eu podia ficar sossegado, que a partir de então eles estariam monitorando a situação e que seria registrado um pedido de urgência para o atendimento no primeiro horário.

Na quarta-feira, 11/05/2011, liguei às 8h para confirmar a instalação. Eles me confirmaram, inclusive o pedido de urgência. Meu chamado realmente foi o primeiro atendimento do técnico Alisson, mas o detalhe é que quarta-feira é rodízio dele, então o primeiro atendimento (o meu) ele iniciou às 10h20. Isso pôde ser ouvido numa conversa dele com outro técnico por celular enquanto ele realizava a instalação. Da hora que ele chegou, verificando os cabos, ele demorou cerca de 20/30 minutos para 'pegar os modems no carro'. Ele deve ter aproveitado pra tomar um café. Afinal, né gente, 10h é quase madrugada!

A instalação terminou quase 11h30 da manhã. A Internet estava funcionando, o telefone eu não tinha como testar, pois estava sem o aparelho e a TV estava funcionando somente os canais abertos. De acordo com o Alisson, os canais demorariam cerca de 40 minutos para serem liberados e sintonizados, então não deveríamos desligar da tomada. Assim foi feito. Quando cheguei do trabalho à noite, os canais ainda não estavam funcionando. Na mesma hora liguei (do celular novamente) para o atendimento NET e o rapaz (Alisson também, por sinal) tentou solucionar o problema via telefone, fazendo testes por lá, em uma ligação que também beirou os 20 minutos. Ele não resolveu. E disse que teria que agendar um retorno do técnico à minha residência (protocolo de atendimento 003110525111815). Depois de muito stress, reagendei para domingo, hoje, 15/05/2011, entre 12h e 18h.

Hoje por volta de 12h liguei para a central (dessa vez já do meu 'super' NET Fone) e falei com a Ingrid (protocolo de atendimento 003110527504439) para confirmar a visita técnica. Ela me confirmou e disse para aguardar que o técnico viria hoje. Enquanto esperava ser atendido pela Ingrid, a gravação eletrônica me informou que eu poderia fazer muitos serviços pelo site da NET, inclusive confirmar e reagendar visitas técnicas. Depois de desligar tentei, então, me cadastrar no site, sem sucesso. Tanto na hora que liguei pra Ingrid quanto na hora que tentei me cadastrar, o sistema dizia que meu código NET estava incorreto. Liguei novamente para eles e, em mais uma ligação de 20 minutos, a Tatiana tentou fazer o cadastro, não conseguiu e disse que passaria para a supervisora dela (protocolo de atendimento 003110527508042), que liberaria meu cadastro em 24h. Essa supervisora desconhecida foi a única que cumpriu prazos desde o início do meu contato com a NET. Por volta de 17h30, ainda esperando o técnico, tentei me cadastrar no site e tive sucesso. Entrei na área de visitas técnicas e não constava nenhuma agendada.

Liguei novamente para a central e dessa vez quem me atendeu em mais 20 minutos de NET-Tortura foi o Jorge (protocolo de atendimento 003110527567147) que me disse que não sabia porque não estava aparecendo no site, mas eu podia ficar tranquilo que o técnico apareceria. Nas palavras dele: "pode até passar um pouco das 18h, mas que ele vai, ele vai, fique tranquilo". Eu, tranquilamente, manifestei minha intenção de cancelar o contrato caso ninguém aparecesse, assim como fiz com a Ingrid mais cedo. Ele registrou isso no sistema, de acordo com ele. Enquanto ele fazia o registro, pude ouvir uma outra atendente falando com outro cliente. Falando não, ela estava gritando com o cara, e assim que desligou, a fala dela foi a seguinte: "A NET agradece tenha uma boa noite. Seu filho da puta, babaca do caralho, vai tomar no seu cu", seguida por risadas das demais atendentes que deveriam estar fazendo seu trabalho. É esse o atendimento da NET, minha gente.

Pois bem, passadas 1h15, já depois das 19h, liguei novamente para a central de atendimento, para saber se o técnico ainda estava vivo ou tinha sido abduzido por extra-terrestres. Para minha não-surpresa, o Fábio me informou que 'realmente o técnico não vai poder comparecer à sua residência, para quando podemos reagendar a visita, senhor?" (protocolo de atendimento 003110527606853). Minha perplexidade com a cara-de-pau desses cidadãos explodiu. Mas não importa o que eu dissesse, a única coisa que o Fábio sabia responder era "teremos que reagendar a visita, senhor, para quando podemos reagendar, senhor?". Minha vontade era mandar ele enfiar o senhor, a visita e o técnico tudo em um só lugar, mas disse que não iria reagendar, iria entrar em contato com a Anatel, o Procon e os demais meios que conseguir e em muito breve realizar o cancelamento.

Assim que tiver novidades sobre a saga, esse post será atualizado. Todas as informações ficarão registradas.

Um comentário:

dennys_x disse...

É rafa tive um problema parecido com a TVa, mas no meu caso (ou para minha felicidade) o serviço não foi instalado em casa, a verdade é só uma, vivemos num país onde todo mundo faz o que quer e quem paga o pato somos nós os clientes, estou acompanhando para saber o final dessa saga e boa sorte!!!

Um abraço

Denis

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...